OS 3 TIPOS DE CÁRIE

A cárie dentária é uma doença que depende de vários fatores para se estabelecer, tais como: a quantidade de sacarose ingerida e a frequência dessa ingestão; a higiene bucal e a utilização de flúor na água e creme dental; a predisposição do indivíduo (hereditariedade) para a deterioração dos dentes.

A formação da Cárie

A placa formada na superfície dentária produz ácidos que penetram na estrutura porosa do esmalte (orifícios ou prismas) e destroem sua estrutura interna. Este processo é a desmineralização, que cria uma área vulnerável na superfície do dente e pode se transformar numa cárie.
Desmineralização e destruição do esmalte.
A cárie geralmente inicia-se nas superfícies oclusais, entre os dentes, nas raízes expostas e em volta das restaurações existentes.
Formação da cárie.
Não tratada, a cárie se alastra e destrói a estrutura dentária ao atingir a polpa (nervo), o que resultará em um abscesso, uma área de infecção na raiz. Uma vez formado o abcesso, ele só pode ser tratado através do tratamento do canal, de cirurgia ou da extração do dente.
Alastramento da cárie e formação de abcesso.

Os 3 tipos de cáries

•Cárie coronária —  É a mais comum delas, tanto em crianças quanto em adultos. Ela localiza-se na superfície do dente (esmalte), local de contato com a mastigação, e também entre os dentes.
Cárie interdental.
•Cárie radicular —  À medida que envelhecemos, a gengiva se retrai, então, parte da raiz do dente fica exposta. Acontece que na raiz não há esmalte o que facilita a deterioração e aparecimento de cárie.
Cárie radicular.
•Cárie recorrente — A deterioração ocorre em volta das restaurações e coroas (parte exposta do dente) existentes. Isto porque essas áreas tendem a acumular placa, facilitando o desenvolvimento de cáries.
Cárie Recorrente
A cárie pode ser evitada ou tratada. Uma correta e assídua higiene bucal evita que ela se desenvolva e mantém sua saúde bucal. A visita ao dentista é indispensável, pois só ele pode avaliar a formação de placas e tártaro, tratando-os e evitando o desenvolvimento de cáries e doenças bucais.
Faça consultas periódicas ao dentista e previna-se das cáries!

 

Dr. Márvio Charles  – Cirurgião Dentista – CRO 5704 
#cárie #cáriecoronária #cárieradicular #cárierecorrente #saúdebucal #sorrisobonito #tratamentodecanal #extraçãodentária #retraçãogengival #dentecariado #dentecomcárie #flúor #cremedental #confidents

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.